Leilão de motos é confiável?Veja quais as vantagens e os riscos

A compra de um veículo, seja ele moto ou carro, representa um grande investimento. Alguns passam a vida inteira tentando levantar dinheiro suficiente para iniciar o financiamento do veículo dos sonhos, outros juntam um bom dinheiro e não querem lidar com os juros absurdos aplicados em cima do valor inicial. Sabendo disso, muitos acabam considerando a compra de uma moto usada. Mas, será que isso é mesmo um bom negócio?

– Riscos na compra de motos usadas

Toda compra de moto usada apresenta riscos de acabar sendo um mau negócio. No entanto, há cuidados e atitudes que podem ser tomados para reduzir a porcentagem de chances e fazê-la pender para o lado do “bom negócio”. Quando se compra uma moto usada de um desconhecido, é óbvio que não se saberá a precedência do veículo. O fato é que você não quer ofender ninguém fazendo milhares de perguntas, muito menos comprar uma moto incrível por fora e caindo aos pedaços por dentro. Por isso, a alternativa dos leilões de motos tem maior confiabilidade.

– Vantagens e perigos do leilão de motos

O aumento de confiabilidade ainda não te dá 100% de certeza de que você não fará um mau negócio. A verdade é que é muito mais fácil descobrir se vale a pena quando você está fazendo negócio em um leilão. Não descarte a opção, pois ela pode te permitir realizar o sonho do veículo próprio.

Os valores das motos em leilões são bem mais baixos do que o normal. O perigo trazido por essa informação é que você pode se empolgar com as ofertas e ofertar mais dinheiro do que precisaria por empolgação. Por isso, te daremos algumas dicas que você pode seguir para evitar que um mau negócio seja feito.

– Dicas para verificar confiabilidade do leilão

·         Leia os editais e todas as entrelinhas. Não caia em um mau negócio por falta de informação sobre regras e taxas.

·         Se não estivermos falando do Detran, cuidado com o site que hospeda o leilão. Pesquise sobre ele, sua reputação, quanto tempo no mercado e a frequência em que leilões acontecem.

·         Geralmente, o nome do leiloeiro é exibido. Se não for, peça essa informação e alegue que precisa dela para análise de confiabilidade. Pesquise pelo leiloeiro e descubra sua reputação.

·         Fique de olho nas informações do veículo. Uma moto pode ter bom preço e bom estado, mas já ter rodado demais. Atente-se à quilometragem, se ela está conservada e se a regulamentação do veículo está em dia. 

Compartilhe