Financiamento de carro sem entrada: Prós e contras

O sonho do carro próprio é comum em quase todos os brasileiros. Alguns passam a vida sem conquistá-lo, outros procuram os métodos que mais se encaixam à sua realidade. O mercado tem se flexibilizado para atender às necessidades de cada vez mais pessoas e as fidelizar como clientes. Por isso, hoje em dia existem diversos métodos de compra de veículos: consórcio, leasing, financiamento, à vista, leilão e mais uma infinidade de opções. Se torna até difícil escolher a melhor para você.

– Financiamento com e sem entrada

O financiamento é a opção mais famosa dentre as possíveis. Isso porque ele te permite ter um veículo próprio 0km em dias. Nada de esperar por meses ou anos, como em um consórcio. Geralmente, o financiamento bancário exige do cliente uma entrada de ao menos 20% do valor total para que o restante seja financiado. Isso ocorre para que o prejuízo em caso de inadimplência seja reduzido.

No entanto, o mercado financeiro se rendeu a mais uma flexibilização e algumas instituições acabaram por disponibilizar o financiamento sem entrada, se responsabilizando por 100% do valor do veículo. O Santander, por exemplo, já conta com a alternativa.

– Perigos do financiamento sem entrada

O que está nas entrelinhas é a taxa de juros. Bem, todos sabem que o financiamento envolve juros. É como se fosse uma compra no cartão de crédito. O que não te contaram é que quanto maior for a entrada ofertada, menor serão os juros. Isso quer dizer que o financiamento sem entrada pode ter juros absurdos. É aí que você pode se envolver em um mau negócio.

– Vantagens do financiamento sem entrada

Se o financiamento com entrada já te proporcionava rapidez no processo, o sem entrada proporciona o dobro. Isso porque você não precisará passar um tempão levantando dinheiro para ofertar como entrada. É claro que isso trará consequências; por isso, é preciso que você esteja atento às nossas dicas antes de financiar sem entrada.

– Dicas para financiar

·         A escolha do banco é uma das escolhas mais importantes na hora de financiar sem entrada. As taxas de juros variam bruscamente em um financiamento comum, mas variam ainda mais sem entrada. As opções são reduzidas, mas vale a pena fazer uma boa pesquisa de mercado.

·         A escolha do veículo não influencia só no valor final, mas também na probabilidade de aprovação. Quanto mais popular, maior as chances.

·         Calcule os seus gastos incluindo os posteriores: manutenções e abastecimentos. Assim, você não terá dívidas indesejadas.·         A organização financeira é de extrema importância. Sem ela, o veículo pode ser apreendido por atraso de parcelas.

Compartilhe