Aprenda a simular um financiamento

No mundo em que vivemos, ter um veículo se tornou uma meta fixa na vida de qualquer pessoa. Se essa meta ainda não foi alcançada na sua vida, é importante que você pense bem para não cometer erros durante o processo. Dentre os tantos métodos existentes no mercado, focaremos no financiamento que, atualmente, é a alternativa mais utilizada.

– O que é o financiamento

O financiamento é um método de compra que funciona da seguinte maneira: você realiza uma pesquisa detalhada sobre as condições bancárias para investimentos, faz um planejamento financeiro, define o seu prazo, requere um financiamento bancário e aguarda a aprovação. Quer saber se a alternativa foi feita para você? Confira se segue os requisitos abaixo:

  • Você tem urgência em ter o veículo na garagem de casa por motivos razoáveis
  • Você tem condições financeiras de dar uma entrada de no mínimo 20% sem ficar endividado (lembre-se que quanto maior a entrada, melhores as condições de taxas dos juros)
  • Você fez um planejamento financeiro e concluiu que pode arcar com uma despesa mensal extra pelos próximos 5 anos (ou pelo prazo que seu financiamento durar)

Se você se encaixa nas situações acima, o financiamento é para você! É só escolher o carro. Mas, calma! Não pense que essa escolha deve ser feita de qualquer maneira. Assuma a responsabilidade e enxergue o seu tamanho, afinal, essa escolha influencia diretamente nos valores das parcelas e nos gastos que você terá após a compra.

Depois que você decidiu que o financiamento é o método ideal para você, descobriu que se encaixa no perfil e escolheu o carro de seu interesse, é hora de descobrir qual o tamanho do seu gasto. Não se preocupe! Você não terá de sair de banco em banco até achar um que esteja dentro do seu orçamento.

– Como simular o financiamento

Dentre as facilidades que a internet nos trouxe, a tarefa de calcular os juros do financiamento de determinado banco também foi facilitada. Ao invés de ir ao banco sem ter noção alguma do que te espera, você pode utilizar a tecnologia para descobrir quanto aquilo vai te custar.

Nos aplicativos e websites bancários, é possível encontrar simuladores de financiamento, nos quais você insere o carro desejado e pode calcular as taxas com diferentes prazos. É fácil, rápido e vai te dar uma ajudinha no planejamento do número de parcelas. Se você não gostou do que viu, talvez você possa repensar o valor da entrada ou até mesmo o modelo escolhido.

Tenha em mente que o resultado da simulação estar dentro do orçamento não significa que você será aceito. Ter um nome limpo e optar pelo banco em que é correntista, são coisas que podem te auxiliar na aprovação. Se seu nome estiver negativado, talvez seja mais viável optar pelo método leasing.

Compartilhe