Financiamento de carro sem entrada, veja como funciona

Comprar um carro é um sonho para a maioria dos brasileiros. Assim que completamos 18 anos, logo pensamos em tirar nossa habilitação, entretanto, a parte complicada desse objetivo é juntar o dinheiro necessário para comprar o carro, ou a moto.

Caso queira ter um veículo, mas não tem o dinheiro para dar de entrada em um financiamento, saiba que existe uma alternativa que pode servir para você: o financiamento sem entrada!

Geralmente os bancos comuns, como Caixa, Itaú, Bradesco, pedem ao menos 10% do valor do veículo como entrada para o financiamento. Isso significa que: Caso queira comprar um carro de 40.000,00 Reais é preciso desembolsar por volta de 4.000,00 Reais logo de cara! O que pode ser um pouco caro para quem tem o orçamento mais reduzido. Contudo existem outros métodos de conseguir comprar carro sem entrada. Portanto, nesse artigo iremos te ajudar a entender melhor as opções de financiamento sem entrada.

Como funciona o financiamento sem entrada?

Diferente da maioria dos financiamentos que é costume se ver no mercado, o financiamento sem entrada permite que você divida o valor integral do carro em parcelas. Isso significa que quando você compra o carro sem entrada, você não precisa dar nenhum dinheiro logo de cara.

Vantagens do financiamento sem entrada

A principal vantagem de realizar um financiamento sem entrada é poder ter acesso ao veículo sem precisar acumular uma reserva financeira. Todavia, você não vai precisar ter dinheiro guardado para sair com o carro da concessionária.

Desvantagens do financiamento sem entrada

Partindo do pressuposto de que seja bom você ter o carro imediatamente, por outro, o preço do financiamento pode pesar bastante no orçamento.

As taxas de juros em um financiamento sem entrada tendem a ser mais altas do que em um financiamento tradicional. Em alguns casos, as taxas de juros podem ser um tanto quanto parecidas, mas o preço total pago aumenta bastante, pois o valor financiado é maior quando você não da entrada.

Compartilhe