Tenha seu carro próprio e poupe seu gasto com o transporte público

O desejo de comprar um carro é quase unânime no Brasil. Ter o carro próprio possibilita a poupança do valor gasto com o transporte público. Assim, é muito mais vantajoso encher o tanque de combustível do que pagar mais de 300 reais por mês de coletivo.

As pessoas recorrem aos vários meios de compra de veículos existentes no mercado. Um dos mais utilizados é o financiamento.

Como funciona?

O financiamento é uma transação financeira onde o banco empresta o dinheiro para a compra do carro e o cliente devolve de forma parcelada. O banco exige que um valor seja pago antecipadamente. Esse é o chamado valor de entrada e corresponde a, no mínimo, 20% do valor total do veículo.

É possível financiar um carro sem dar o valor de entrada?

Felizmente vários bancos e financiadoras permitem o financiamento de 100% do valor do carro. Ou seja, não é preciso dar o valor de entrada se você não quiser. A vantagem desse serviço é ter o veículo com a mesma rapidez do financiamento com entrada.

Há algum cuidado que deve ser tomado?

Em qualquer tipo de transação financeira ter cuidado nunca é demais. O principal deles é ter certeza de que o banco que você está realizando a transação é confiável. Sabe-se que é muito fácil cair em golpes financeiros, principalmente pela internet, lugar onde os golpistas mais exploram. Por conta disso, é importante verificar se o navegador contém um cadeado que fica na cor verde no modo de segurança. Isso significa que seus dados estão protegidos.

Outra questão importante é com os juros cobrados pelos bancos. Alguns costumam ser altos se comparados ao financiamento com entrada. Desse modo, no final da transação o cliente pode pagar por dois, ou até três, carros do mesmo modelo.

É essencial fazer uma pesquisa sobre os bancos que oferecem esse serviço, as taxas cobradas e o prazo máximo de pagamento. Isso permite que você tenha uma segurança financeira para que possa organizar-se de modo a não prejudicar as contas fixas. Especialista dizem que o ideal é que as parcelas não comprometam 30% do orçamento mensal.

Como solicitar o financiamento de um carro sem entrada?

Primeiro escolha o modelo do carro e faça uma pesquisa, buscando os melhores preços. Depois pesquise os bancos que fazem o serviço e a taxa cobrada. Logo após, visite o site do banco escolhido e faça a simulação para ter certeza de que conseguirá pagar as parcelas. Envie a solicitação para o banco e aguarde a avaliação do seu pedido.

Compartilhe