Moto elétrica: a melhor opção ao meio ambiente

A moto é o meio de transporte mais adequado nos dias atuais. Além de proporcionar a locomoção de um lugar a outro, também minimiza o estresse no trânsito. 

Por questões ecológicas foi desenvolvida no território brasileiro uma das primeiras motos elétricas que evita a poluição do meio ambiente. A motocicleta da marca Suprema conta com a tecnologia de última geração, prometendo autonomia e qualidade com baixo custo. 

Sobre a moto elétrica Suprema 

A motocicleta da Suprema possui um design sofisticado, garantido um excelente visual e foi desenvolvida por alemães. Considerada a moto do futuro, a funcionalidade é sem igual. Assim que o piloto liga, não faz barulho algum, é ligada por controle remoto, fazendo apenas os mostradores do painel se moverem e evitando utilizar chave no contato. 

A moto não faz qualquer tipo de barulho na estrada parecendo não ter motor. Uma das novidades que chamou e chama bastante atenção é a ausência de correntes e correias que tracionam a moto, por conta do motor que está localizado dentro da roda. 

Por ser elétrica, a moto Suprema possui botões em cores que facilitam a escolha da velocidade do condutor: verde, vermelho e amarelo. O verde, é arrancada, o amarelo nível médio (como se estivesse passando para a segunda marcha), a cor vermelha, é a velocidade máxima. 

A moto elétrica é especialmente para uso urbano, não direcionada a longas distâncias, como viagens, por exemplo. A bateria tem a autonomia de percorrer 70 km, dependendo do trajeto percorrido e o peso do condutor. De acordo com a fornecedora, essa distância é suficiente para tarefas diárias. O período de recarga é de 2 a 8 horas com voltagens de 110v ou 220v. 

João Neves, diretor da Suprema Motos, informa que a moto elétrica é limitada eletronicamente em 50 km, que contribui para o aumento da segurança, evitando acidentes. 

Benefícios

  • Consome menos de R$0,01 por km rodado;
  • Ecológica: 0% emissão de poluentes.
  • Isenta de IPVA;
  • Não necessita abastecimento com gasolina;
  • Baixíssima manutenção (Não necessita de troca de óleo e velas, não possui carburador, transmissão, embreagem, escapamento, etc.);
  • Recarrega diretamente na tomada 110v ou 220v.
Compartilhe